Alzheimer: Saber lidar com as etapas desse momento é essencial

O da população vem ocorrendo de maneira acelerada e os casos de demência se tornaram um dos principais desafios nas casas com que requerem cuidados especiais.

Segundo dados recolhidos pelo Instituto Brasil dos relatórios da Associação Internacional de , estima-se que a cada 3,2 segundos, um novo caso de demência é detectado no mundo e a previsão é de que em 2050 serão 152 milhões de pessoas afetadas, sendo a doença de a causa mais frequente de demência.

Muito comum, a doença tira a autonomia e a independência das pessoas, afetando, sobretudo emocionalmente, toda a família.

Pensando nisso, a equipe da Home Angels, maior rede de franquias de cuidadores da América Latina, preparou algumas dicas para melhorar o convívio:

  • Mantenha uma conversa agradável – a confusão mental é característica da doença, por isso, manter um diálogo com o idoso torna-se desafiador, mas é possível estimular uma conversa agradável através de frases curtas, simples e objetivas.
  • Lidando com as perguntas repetitivas – não fique lembrando ao idoso que estas questões já foram feitas, responda sucintamente e use frases com poucas palavras.  
  • Aproveite as  habilidades do idoso – estimule a pessoa nos afazeres, por exemplo: se ela era professora de português, peça ajuda para fazer a lista do mercado, pergunte se ela pode te ensinar crochê ou montar um quebra-cabeça, assim, vai se sentir útil e ficar feliz em contribuir.
  • Peça ajuda – Conte ao idoso tudo que vai fazer com ele e peça sua ajuda. Pode usar frases como: ‘vou tirar sua camiseta, me ajude’ ou ‘vou te levantar da cama, apoie seu braço para me ajudar’.
  • Crie rotina – elabore uma agenda semanal e crie lembretes para evitar erros na hora das medicações e recordar atividades programadas de forma a não perder o compromisso. 
  • Tenha empatia – pergunte como o idoso se sente, o que tem vontade e quais são as preferências. Dê valor a opinião dele. 

Por Home Angels

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *