Aprenda como lidar com as incertezas sobre o futuro profissional

pandemia

Aprender a lidar com as incertezas sobre o  é um desafio urgente tanto para quem está trabalhando quanto para quem busca uma recolocação neste momento.

Como você pode lidar com as incertezas sobre o futuro profissional

Incertezas sobre o futuro do trazem e tristeza

Neste momento totalmente atípico, é natural sentir mais tristeza ou mais ansiedade do que você estava acostumado. É natural também se inquietar com as incertezas sobre o futuro do trabalho.

Segundo Jéssica, é importante observar o quanto esses sentimentos estão prejudicando a sua produtividade. “Verifique se ansiedade está impedindo você de trabalhar ou de continuar a sua busca por recolocação”, alerta a psicóloga. É natural, sim, que esses sentimentos apareçam, mas eles não podem prejudicar completamente as atividades do seu dia a dia. 

É aceitável que você esteja improdutivo um dia ou outro, mas vale a pena observar se esses dias se tornam mais constantes. “Se perceber que esse se tornou o novo padrão, possivelmente seja hora de procurar a ajuda de um psicólogo ou de uma rede de apoio que possa auxiliar neste momento”, diz ela. 

pandemia

Como reduzir a ansiedade na quarentena

A dica da especialista para quem está trabalhando de maneira remota é tentar manter os mesmos hábitos e inclusive os mesmos horários que você tinha no trabalho presencial. “Você trabalhava das 8h às 17h com uma hora de almoço?”, pergunta. “Tente seguir a mesma rotina”, recomenda. 

Exercícios e boa alimentação

Praticar exercícios e manter uma alimentação adequada também ajudam a ter qualidade de vida e reduzir ansiedade e estresse. 

Mantenha contato com as pessoas

Outra dica é manter contato com pessoas. “Nós somos seres sociais”, diz Jéssica. Ou seja, mesmo que você não seja do tipo que conversa com muita gente deve haver alguém com quem você se sente à vontade para falar, alguém em quem você tenha confiança.

“É importante procurar essa pessoa e manter contato com ela”, recomenda. 

Descubra o que você gosta

Igualmente importante é fazer algo que você goste. “É um momento de descoberta, muita gente está descobrindo novos hobbies na quarentena”, diz a psicóloga. Você gosta de ler? Maratonar séries? Cuidar das plantas? Cozinhar? Descubra o que faz bem para você e inclua na rotina. 

Descanse sem culpa 

Segundo Jéssica, neste momento também é necessário aprender a descansar sem culpa, entendendo a necessidade do seu corpo.

“Por mais que você esteja sobrecarregado, você precisa ficar atento a necessidade de desacelerar e não deve se sentir culpado por isso”, diz ela. Afinal, o descanso é essencial para manter o equilíbrio. 

Planeje seus dias apesar das incertezas sobre o futuro profissional

Para ter produtividade, você pode começar a planejar seus dias. Utilize papel e caneta ou uma ferramenta online para isso, o que for mais confortável para você. Comece pequeno, planejando um ou dois dias e estipule metas diárias. Você vai aprender muito sobre sua capacidade produtiva.

Como trabalhar com os filhos em casa 

Outro desafio imposto pela necessidade de distanciamento social é o de compartilhar a casa com toda a família 24 horas por dia. A dica da psicóloga é explicar às crianças o que você faz, como é sua rotina de trabalho e deixar claro que em determinados momentos você não poderá ser interrompido. 

Também vale a pena colocar atividades para as crianças realizarem enquanto você estiver trabalhando, especialmente se elas não estiverem realizando atividades escolares no momento. “Rotina também é saudável para os filhos”, diz ela. 

Como procurar emprego neste momento 

Buscar recolocação profissional na quarentena é outro desafio que muitos profissionais precisam enfrentar. A dica da psicóloga é manter a estratégia que você tinha antes da crise.

“A melhor estratégia a agregar novos conhecimentos e habilidades nesse momento”, diz ela, lembrando que vários conteúdos que eram pagos agora estão liberados e você pode aproveitar para fazer cursos online na quarentena e melhorar seus conhecimentos e suas competências. 

“Identifique quais são as competências ou os conhecimentos que você precisa ter para conseguir a vaga que tanto quer e corra atrás disso agora”, diz ela.

Claro que não adianta sair por aí fazendo todos os cursos que aparecem. Você precisa manter o equilíbrio entendendo o seu limite para absorver conteúdo. “Não adianta querer aprender tudo de uma vez ao mesmo tempo que isso vai gerar exaustão emocional”, alerta. 

Não pare de procurar

Continuar identificando vagas no mercado também é indispensável. Como diz Jéssica, o mercado não parou, algumas empresas até congelaram suas contratações, mas outras abriram vagas para este momento específico e é importante acompanhar esse movimento. 

Ocupe a mente com atividades sadias

Neste período, certamente você terá dias melhores e dias piores. Para cuidar de si o primeiro passo é observar como andam seu corpo e sua mente.

Lembre-se de que este não é apenas um momento de incertezas sobre o futuro, de trabalho remoto, de pressão e de notícias tristes. Ele também pode ser o momento de você se conhecer melhor e começar a se cuidar como merece.

Ocupe sua mente com atividades sadias. E, também muito importante, limite sua exposição às notícias. “É importante se manter informado, mas sem exageros, buscando sempre fontes confiáveis”, recomenda Jéssica. “Entenda o que está acontecendo, mas não deixe as notícias sobrecarregarem a sua mente.” 

Como ajudar quem está psicologicamente abalado

Ajudar quem está precisando também é uma necessidade urgente deste momento de crise. “Não abandone as pessoas, não abandone quem você percebe que está precisando de uma conversa”, afirma a especialista. 

Este também é o momento de aprender a ouvir, de estar integralmente com a pessoa que precisa da sua presença. “Mesmo que não seja uma presença física, ela afasta o sentimento de solidão”, diz ela. 

Portanto, use a internet, o telefone, a sacada do prédio ou o que você preferir para se fazer presente. E, se perceber que seu amigo precisa de uma ajuda profissional, indique serviços online gratuitos de apoio psicológico. Seja o apoio que as pessoas precisam.

Conteúdo original Vagas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *