Dicas de alimentos que diminuem a ansiedade durante o isolamento

Médico orienta alimentação saudável para diminuir os picos de estresse durante esse período.

Os casos de pessoas com quadros depressivos e de aumentaram durante o social causado pela Covid-19, e muitos não sabem que uma dieta certa pode reduzir alguns sintomas.

Segundo o Dr. Paulo Lessa, médico e proprietário do Instituto Lessa, a alimentação saudável e moderada, neste período, pode controlar o ponteiro da balança e também ser uma aliada ao emocional.

“Estou recebendo muita queixando de ansiedade. Ela provoca uma bagunça nas emoções e de quebra ainda reflete na saúde, causando angústia, tristeza e até compulsão alimentar! Quando em excesso, ela desencadeia a sensação de mal-estar e te impede de viver a vida com mais leveza,” comenta Lessa.

Junto dos tratamentos e terapias para controlar a ansiedade, a alimentação também pode ajudar a domar essa tempestade interna.

“Embora não exista uma comida mágica que possa “curar” ou “tratar”, há algumas mudanças que podemos fazer em nossos cardápios diários que aliviam alguns sintomas,” explica.

Pessoas que têm crises recorrentes, o ideal é evitar industrializados, eles fazem com que o organismo libere mais cortisol, hormônio que impacta diretamente na regulação do stress e ansiedade.

 Dr. Paulo indica cinco alimentos que podem auxiliar e tranquilizar a mente nesta quarentena:

Banana: “A fruta ajuda no combate da depressão alivia os sintomas da ansiedade. Graças ao alto teor de triptofano que a fruta carrega, ajudando na produção de serotonina.”

-Carnes e peixes: “São a melhor fonte natural de triptofano. Além disso, possuem outro aminoácido chamado taurina.

Essa substância aumenta a disponibilidade de um neurotransmissor: GABA. O organismo usa esse neurotransmissor para controlar fisiologicamente a ansiedade.”

-Espinafre: O espinafre contém folato (ácido fólico), que é uma potente vitamina antidepressiva natural.

“O Folato combate a ansiedade, pois quando está em baixas concentrações no organismo também diminui os níveis cerebrais de serotonina.”

-Frutas Cítricas: A Vitamina C, presente nas frutas cítricas, diminui a secreção de cortisol, hormônio liberado pela glândula adrenal em resposta ao estresse e à ansiedade.

“Seu consumo promove o bom funcionamento do sistema nervoso e aumenta a sensação de bem-estar.”

-Abacate: “Ele contém nutrientes como vitamina B6 e magnésio, uma combinação que pode ajudar na produção de serotonina diminuindo a ansiedade. Além de ter gorduras boas que ajudam na saciedade!”.

Deve-se ter bastante paciência, ninguém muda um hábito alimentar de forma bruta ou impositiva.

  “Sentir ansiedade é inevitável durante esse momento que estamos passando em todo o mundo. Procure se alimentar saudável, beber água, dormir no escuro e se exercitar”, conclui Dr. Paulo Lessa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *