O comportamento do brasileiro durante a pandemia

Com a mudança de rotina graças à pandemia causada pelo coronavírus, muitos brasileiros precisaram se adaptar em suas formas de trabalho, de consumir, de realizar pagamentos de contas, uso de cartões e tev, a transferência eletrônica de valores e em muitos outros aspectos.

A necessidade do causa diversas mudanças no comportamento e a incerteza do momento faz com que as pessoas alterem suas formas de vidas e cuidado próprio e com o próximo.

Quais diferenças você já percebeu em seu comportamento durante a ? Reunimos algumas mudanças sociais que já são notáveis entre os brasileiros, confira!

Mudanças no comportamento

Mudar comportamentos e hábitos é muito difícil. Quem nunca pensou em começar uma dieta na próxima segunda-feira e falhou? Ou aquele treino prometido que nunca saiu? A vontade de incluir leitura na rotina, mas que sempre é deixada para depois? Muitos são exemplos que certamente as pessoas se identificam.

Com tantas tarefas no dia a dia, a necessidade de conciliar trabalho, filhos, casa, vida pessoal, saúde e lazer é tão constante e rotineira, que pequenos hábitos passam sem ninguém perceber.

Em momentos de crise, porém, as pessoas se veem obrigadas a fazer parte da mudança.

Mais ainda em um momento como o atual, em que o mundo se encontra em uma situação vulnerável e que ninguém sabe quando de fato irá acabar.

Nesse cenário, muitas mudanças são claras no , que passou a pedir mais delivery, ter mais cuidado com sua rotina de higiene, usa máscara sempre que precisa sair para atividades necessárias, entre muitos outros.

Trabalho e estudo

O trabalho e estudo é uma das grandes mudanças sociais nos países. Se antes da pandemia os brasileiros encaravam rotinas de transporte, horas no escritório e volta para casa, para muitos profissionais esse serviço tem sido feito da sala de casa.

Para os setores em que isso é possível, o trabalho está remoto e a grande tendência é que ele continue em muitas áreas mesmo após pandemia.

Ao mesmo tempo em que o profissional se vê livre de complicações como trânsito e atrasos, ele precisa lidar com novos imprevistos de trabalhar de casa e novos comportamentos são formados para reuniões à distância, produtividade e motivação.

Com o estudo também surgem novos desafios. Além de estar longe do , as pessoas estão aprendendo a estudar à distância e, muitos estão aproveitando o tempo em casa para investir em novos conhecimentos, que por muito tempo ficaram na lista de desejos.

Saúde e higiene

A saúde e higiene ganharam novos hábitos no Brasil. Segundo pesquisa da Opinion Box sobre “Impacto nos hábitos de compra e consumo”, 45% dos brasileiros passaram a fazer a limpeza ou faxina de suas casas e 43% estão cuidando mais da higiene pessoal.

O hábito do brasileiro em relação à higiene ganha mais atenção graças às necessidades de proteção contra o vírus.

Além disso, o consumo de produtos de higiene e limpeza também passa a ser maior dentre grande parte da população.

Quanto à saúde, as pessoas deixaram de frequentar academias e clubes, mas muitas delas começam a fazer exercícios em casa, com ajuda de aulas online, e que não se dão apenas em musculação, mas também yoga ou atividades para manter o corpo e mente em equilíbrio.

Isolamento Social

Consumo

Sem dúvida, o hábito de consumo do consumidor brasileiro foi um dos mais afetados durante a pandemia.

Ao estar mais tempo em casa, os gastos com água, luz e gás tendem a aumentar, por isso, diante das incertezas da crise financeira, o brasileiro diminui seus gastos “supérfluos” e passa a compra apenas o essencial e necessário.

57% dos brasileiros já deixaram de comprar itens não essenciais para economizar, 44% diminuíram a frequência de compras nos supermercados e 63% passam a escolher o local de comprar pensando no preço.

Além disso, aumenta cada vez mais o pedido de produtos e itens por delivery para evitar o contato com muitas pessoas e sair de casa.

Convívio social e entretenimento

Com o isolamento social, as pessoas deixam de estar do lado de amigos, família, colegas de trabalho e passam a conviver apenas com aqueles do ambiente em que mora.

Com isso, os brasileiros criam novos hábitos para não se isolarem e passam a utilizar mais redes sociais, participam de chamadas de vídeo online e lives em grupo.

Além disso, mais de 58% de pessoas passam a utilizar mais serviços de streaming de vídeos, séries e vídeos, assim como é notado o aumento de jogos online e, muitas pessoas acreditam que não devem voltar a gastar com boates, festas, eventos esportivos, teatros e shows em 2020.

Crises e momentos de incerteza mudam diferentes hábitos e comportamentos das pessoas e, muitos deles, certamente continuarão após o fim da crise.

O que você já mudou durante a pandemia? Como estão seus hábitos e rotinas? Independente das mudanças, lembre-se da mais importante: cuide-se e proteja-se contra o coronavírus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *