O famoso cafezinho pode ser o vilão da sua saúde bucal

causa mau hálito

O famoso “pretinho” pode ser o vilão da sua

Pela manhã, pela tarde e para algumas pessoas até mesmo à noite. Nos bate papos ou sozinho, feliz ou triste, aqui no Brasil, é comum as pessoas tomarem café em diversos momentos. Uma “xicrinha” de café é oferecida como forma de amizade em reuniões e encontros.

Sozinho, o café também é aceito. Principalmente de manhã, o café assume um papel fundamental para o verdadeiro início do dia para algumas pessoas.

Por causa da cafeína, a bebida pode ter função energética, de modo que se “desperte”, quando bebe.

Mesmo muito bom e popular, o café pode ser um vilão para a saúde bucal. Entenda o porquê:

Segundo a Presidente da Associação Brasileira em Halitose, Dra. Cláudia Gobor, “O café possui propriedades que podem deixar a boca seca, o que sem dúvida, pode causar mau hálito”.

A cafeína, além da função energética, tem o poder de causar a condição de xerostomia, que é quando há baixa produção de saliva pelas glândulas salivares.

Com a boca seca, a limpeza fica comprometida, já que a lubrificação natural está em defasagem e o local fica adequado para a proliferação de fungos e bactérias, que causam mau hálito.

“Dependendo do tipo de café, o meu hálito fica pior. Por estar relacionado a cafeína, a quantidade dessa substância na bebida pode variar o deselegante odor”, explica a especialista em halitose. Como o expresso, por exemplo, que tem 75 miligramas de cafeína a cada 30 miligramas da bebida.

Para se livrar do mau hálito causado pelo café, a Dra. explica: “Existe a possibilidade da troca do café pelo chá, já que apesar de também ter cafeína, a sua quantidade é visivelmente menor. Beber água, tirar a açúcar e o leite da bebida também podem ajudar”.

Mesmo muito comum e famoso, o café pode ao mesmo passo que aproximar pessoas para um conversa íntima, afastá-las com o comum mau hálito. Preste atenção aos sinais de alteração do seu hálito e evite o consumo da bebida excessiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *