Ortopedista dá orientações para a realização de exercícios físicos em casa

Respeitar o nível do corpo, tomar cuidado com itens adaptados e apostar em aquecimento estão entre as dicas do especialista

Em tempos de de Coronavírus, a indicação dos especialistas é não sair de casa sem extrema necessidade. Entretanto, existem pessoas acostumadas a praticar atividades físicas em academias e parques que não querem deixar de lado esse hábito e optaram por realizar os exercícios dentro de casa, por meio de aplicativos, vídeos e lives em redes sociais.

Movimentar o corpo regularmente em tempos de isolamento também é muito benéfico para saúde do corpo e da mente, mas desde que alguns cuidados sejam tomados para evitar lesões. Dito isto, o especialista em ombro e cotovelo e sócio da Clínica LARC, Dr. Layron Alves, dá cinco dicas para você treinar em casa com saúde e segurança.

1. Aquecer o corpo é uma ação importante – Antes de começar a rotina de atividades em casa é preciso se aquecer para preparar e adaptar o corpo para os exercícios e, assim, evitar lesões, câimbras e trazer mais resistência e força para o organismo.

2. Respeite o seu nível – Exigir demais do seu corpo pode colocar sua saúde em risco. Por isso, opte por treinos que estejam alinhados com a sua saúde física, sendo por exemplo, um iniciante ou uma pessoa acostumada a fazer exercícios frequentemente.

3. Aposte em roupas adequadas – Mesmo em casa é preciso optar por roupas que não limitem os movimentos do corpo e um tênis que seja capaz de absorver o impacto das atividades, evitando assim, a sobrecarga da coluna e pernas.

4. Cuidado na hora de adaptar objetos de casa – Fique atento se o objeto aguenta o seu peso, opte por um colchonete ou tapete na hora de realizar exercícios no chão e cuidado com peso de itens improvisados para não colocar uma carga maior do que o ideal para o seu corpo.

5. Cuide de sua alimentação e sono – Independente do tipo de atividade física é essencial ter uma alimentação adequada com proteínas, cálcio e outras vitaminas. Além disso, procure ter uma boa noite de sono, aposte no consumo de água antes e depois do treino, pois ela garante a reposição de líquidos perdidos.

“Desde que seja adotado os cuidados necessários, treinar em casa pode sim ser eficaz, prazeroso e até barato. Por isso, vá com calma e aposte em regularidade e não intensidade. E lembre-se em casos de dores intensas por vários dias é melhor suspender as atividades e consultar a opinião do seu médico de confiança”, finaliza o ortopedista.

Dr. Layron Alves é ortopedista e especialista em cirurgia do ombro e cotovelo, membro da Sociedade Brasileira de e Traumatologia (SBOT) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Ombro e Cotovelo (SBCOC). O especialista é preceptor efetivo da residência médica do Hospital Ipiranga SP. Atualmente mestrando e doutorando em Ciências da saúde e membro do grupo de cirurgia do ombro e cotovelo da Faculdade de Medicina do ABC.

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *