Utilizar os próprios talentos a favor do próximo está entre as premissas para superar os desafios da pandemia

Em tempos de Covid-19, especialista em psicologia positiva explica que é possível usar forças e talentos para

Você já parou para pensar qual é a sua missão de vida? Segundo Flora Victoria, mestre em psicologia positiva aplicada pela Universidade da Pensilvânia, missão é a declaração de como você vai viver seus valores.

“Nela, constam quais são seus principais talentos, forças e capacidades. E o mais importante: como você irá usá-los e com que objetivo. Ter uma missão nos dá um senso de direção e a nos manter focados naquilo que realmente importa para nós. Isso evita, assim, a sensação de estar fora de rumo e o consequente desperdício de tempo, energia e esforços”, diz Flora, que também é Embaixadora da Felicidade no Brasil pela World Happiness Summit.

De acordo com a especialista, a missão requer, também, uma reflexão sobre propósito e significado. O significado está relacionado à crença individual de que a sua vida é relevante e tem um propósito maior que transcende o presente, e também envolve o quanto você explora um propósito ou uma missão.

“Atualmente, nesse cenário de crise que estamos passando em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), é importante destacar que a missão também está relacionada ao tipo de contribuição que cada um de nós pode oferecer ao mundo”, ela lembra.

Segundo Flora, esse talvez seja o momento certo para você parar e refletir como pode ajudar aqueles que estão ao seu redor e, por ventura, necessitam de algum auxílio. Para isso, não é necessário sair de casa ou realizar grandes feitos. Na verdade, em pequenas atitudes, a sua missão pode ser colocada em prática.

Quer ver um exemplo simples? “Uma pessoa que escreve bem e tem familiaridade com a língua portuguesa e a comunicação em geral, pode usar essa habilidade para colaborar com alguém que, infelizmente, perdeu o emprego, ao produzir ou revisar o seu currículo. Pode ter certeza que essa atuação faz uma diferença e tanto para quem precisa se recolocar no mercado de trabalho”, explica Flora.

O que você pode você fazer

Que tal pensar em como contribuir com o próximo utilizando suas forças? Sua missão, às vezes, já existe e está muito clara. Só falta você colocá-la em ação.

“Ter um propósito é fundamental para aumentar seu nível de bem-estar e suas realizações”, finaliza Flora.

Para a especialista, você precisa refletir a esse respeito em, basicamente três passos:

1)    Você tem um propósito em sua vida? Qual?

2)    Até que ponto você se sente comprometido com seu propósito? Ele afeta suas escolhas e decisões? Ele influencia suas ações? Como?

3)    Seus objetivos de vida estão alinhados ao seu propósito? Em outras palavras, de que modo seu propósito se torna concretamente presente em sua vida?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *